Retrospectiva Literária: 2014

Oi gente, tudo bem? Faz um tempão que eu postei, né? Desculpem, é essa correria doida de fim de ano. Mas aqui estou eu para fazer uma retrospectiva literária deste ano. Vamos ver?



Então pessoal, esse ano já está fazendo as malas, foi um ano bom, li bons livros, conheci personagens adoráveis, mas também tive péssimas leituras. Pensando assim, decidi que seria justo fazer uma retrospectiva que vai ser dividida assim:
- 5 melhores lidos no ano
- 5 piores lidos no ano

Por enquanto vou fazer essa retrospectiva só desses quatro pontos, mas pretendo fazer a parte dois. Let's go!

- 5 melhores lidos no ano:



1º - Extraordinário - R. J. Palacio


August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Já disse que esse livro é lindo, né? s2

2ª - A culpa é das estrelas - John Green

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.
Não chegou a ser o preferido do ano, mas acabou se tornando um livro muito bom, e está na lista dos queridinhos. E não é nada modinha, okay?

 3º - O mundo de Sofia - Jostein Gaarder 

Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Møller Knag, garota a quem Sofia também não conhece.
O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países e já vendeu mais de 1 milhão de exemplares só no Brasil. De capítulo em capítulo, de “lição” em “lição”, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental, ao mesmo tempo que se vê envolvido por um thriller que toma um rumo surpreendente.
Eu amei esse livro! Tem todos os elementos que eu gosto, foi perfeito ao meu ponto de vista.

4º - A extraordinária garota chamada estrela - Jerry Spinelli



A garota chamada Estrela. Ela é tão mágica quanto o céu do deserto. É tão estranha quanto seu rato de estimação. É tão misteriosa quanto seu próprio nome. Com um simples sorriso, ela captura totalmente o coração de Leo Borlock. Com sua alegria, ela incendeia uma revolução de liberdade e autenticidade no espírito de sua escola. No começo, os colegas encantam-se com ela por tudo o que a faz ser diferente. Mas isso começa a mudar, e Leo, apaixonado e apreensivo, percebe que a única coisa que pode salvá-la das críticas é a mesma que pode destruí-la: ser alguém comum. Nesta celebração do inconformismo, o premiado Jerry Spinelli tece um conto tenso e emocional sobre os percalços de precisar ser popular e da emoção e inspiração do primeiro amor.
Acho que o principal motivo de gostar tanto do livro foi pelo fato de ser tão sublime e único.

5º - Os óculos de Heidegger - Thaisa Frank




Em seu livro de estreia, Thaisa Frank apresenta uma história fantástica que tem como cenário a Operação Postal, programa nazista que obrigava os judeus enviados aos campos de concentração a escreverem cartas aos familiares ainda livres.Em 'Os óculos de Heidegger', o destino dessa correspondência é um bunker secreto, onde um grupo de intelectuais é orientado a responder às cartas dos familiares desses prisioneiros. O objetivo da missão era, por um lado, manter um registro da correspondência trocada no período e, por outro, garantir um sobrenatural plano de segurança: evitar que os espíritos dos mortos dedurassem a Solução Final nazista.Certo dia, uma tarefa é passada pelo próprio Goebbels: responder a uma carta do filósofo Martin Heidegger para seu amigo e oculista Asher Englehardt, prisioneiro de Auschwitz. Diante da suspeita de que talvez a prosaica correspondência contenha algum tipo de mensagem cifrada que poderia desmantelar os planos do Terceiro Reich, os escribas e seus líderes se veem às voltas com o desafio de responder ao filósofo de uma forma que desencoraje uma nova troca de cartas e garanta a permanência tranquila dos confinados no local.Os óculos de Heidegger mescla filosofia com romance e mostra o valor da amizade em meio às piores adversidades. Frank reconstrói a paisagem da Alemanha nazista a partir de um ponto de vista original.


- 5 piores lidos no ano:



Queria eu poder dizer que todos os livros que li neste ano foram maravilhosos, mas eu tive seríssimas decepções. Se preparem para os mais odiados.

1º - Fallen - Lauren Kate

Fallen

Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no reformatório. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso - que provocou a morte de seu namorado - levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder— uma verdade que poderia matá-la. Algo que, em suas vidas passadas, Daniel não conseguiu evitar. Excitante, sombrio e romântico Fallen é, ao mesmo tempo, um thriller vigoroso e uma inesquecível história de amor.
Me desculpem os Fallenáticos de plantão, mas Fallen me decepcionou, capa bem bonita, mas o conteúdo não tão bom assim. A escritora pecou na construção da protagonista no meu ponto de vista, sou feminista assumida e essa personagem me causou vergonha...

2º - Querido John - Nicholas Sparks 

Querido John - O que Você Faria com uma Carta que Mudasse Tudo?

Querido John' narra a história de um jovem soldado americano, John, que se apaixona por Savannah uma estudante conservadora. Quando Savannah Lynn Curtis entra em sua vida, John Tyree sabe que está pronto para começar de novo. Ele, um jovem rebelde, se alista no exército logo após terminar a escola, sem saber o que faria de sua vida. Então, durante sua licença, ele conhece Savannah, a garota de seus sonhos. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah jure esperá-lo concluir seus deveres militares. Mas ninguém pôde prever que os atentados de 11 de Setembro pudessem mudar o mundo todo. E como muitos homens e mulheres corajosos,John deveria escolher entre seu amor por Savannah e seu país. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, John descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar
Narrativa lenta, meloso demais. Nada a ver com o meu gosto literário.

3º - Crepúsculo - Stephenie Meyer

Crepúsculo - Livro 1

Quando Isabella Swan se muda para a melancólica cidade de forks e conhece o misterioso e atraente Edward Cullen, sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com corpo de atleta, olhos dourados, vez hipnótica e dons sobrenaturais, Edward é ao mesmo tempo irresistível e impenetrável. Até então, ele tem conseguido ocultar sua verdadeira identidade, mas Belle está decidida a descobrir seu segredo sombrio.
Não gostei pelo mesmo motivo de Fallen.

4º - Morte Súbita - J. K. Rowlling 

Morte Súbita

O novo livro de J.K. Rowling, autora da aclamada série Harry Potter, que vendeu mais 450 milhões de livros pelo mundo, conta a história de Pagford e seus habitantes, que, após a morte inesperada de Barry Fairbrother, membro da Câmara do vilarejo, fica em choque.
Não aguentei nem terminar de ler... Sinta a tensão!

5º - Água para elefantes - Sara Gruen 
                                              Água Para Elefantes - a Vida É o Maior Espetáculo da Terra

Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais. 
É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo. 
'Água para Elefantes' é tão envolvente que seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador, construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar sua atmosfera.
Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.

Até que a leitura não foi de todo ruim, se a escritora não tivesse usado tantos palavrões e cenas bastante indevidas, o livro poderia ter sido bem melhor.

É isso pessoal, espero que tenham gostado. Pode ser que tenha parte 2, aguardem! 

10 comentários:

  1. Oie Hemilly! ^^
    Estava lendo a sua restrospectiva do ano e me surpreendi ao encontrar na sua lista de 5 piores do ano alguns Livros que desejo ler, outros não foram nem surpresa como Querido John.
    Querido John não me agradou em nada, achei que o relacionamento do John com o Pai devia ter ganhado mais foco e isso não ocorreu, sem contar que eu não gosto do jeito da Savannah e muito menos das atitudes dela! A únicas cenas que me agradaram foi as que mostravam ele na Guerra! Eu queria também que o Autor tivesse escrito e explicado a síndrome do Pai do John, pois eu não a conheço! :/
    Não gostei desse Livro também!
    Fallenática aqui, e não precisa pedir perdão não! Te entendo! Apesar de gostar dos Livros, eu não gosto da Luce,li todos os Livros da série pois queria saber mais sobre o personagem Cam, e ao final de tudo tive uma decepção quando descobri o motivo dele ter mudado de lado! :/
    Enfim fazer o que!? Mas ainda gosto do personagem!
    Li Crepúsculo após olhar o Filme, e me surprendi pois descobri que o Livro é melhor que o filme! kjfdsklfdjlk O.O Não é a minha série favorita mas achei legalzinha até ! Não gostei dos Vampiros brilhando no sol, isso me lembra fadas! E do amor doentio da Bella! Na verdade eu gosto das lendas que envolvem os Lobos, mas o Segundo Livro é muito ruim e eu não passei das primeiras páginas! Era depressivo demais! O.o
    Acho que o meu comentário ta ficando muitooo longooo, então vou tentar ser mais rápida!
    Eu quero muito ler Extraordinário e Água para Elefantes! E A Culpa é das Estrelas entrou para a minha lista dos Queridinhos também!*-* *-* *-*

    Beijooos e até! ^^
    http://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo teus comentários Amanda, então nem se preocupa com o tamanho dele! Rsrs
      E eu tive essa mesma impressão com Crepúsculo, minha gente o que é aquilo! KKKK Nunca vi... E eu também gosto bastante do Cam, talvez continuasse a série por causa dele.
      Extraordinário é amor! Leia, leia, leia. Espero que você goste mais de Água para Elefantes do que eu. Beijão.

      Excluir
  2. O seu blog é muito fofinho!

    Olá! Você foi escolhida por ter um blog muito lindo e fofinho
    retribua a gentileza clicando aqui: http://juliana-editions.blogspot.com.br/ (siga e comente):

    Espero que gostem dos selinhos, meninas e sigam as regras ao repassar.

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Extraordinário também ficou entre os melhores do ano, é um livro incrível. Lembro que quando li Fallen eu ODIEI, sério! É bem ruim e a protagonista me irritou muito.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi! <3
      É um livro incrível mesmo, sutil e especial ao seu modo! Gente, uma capa sabe enganar não é? Livro terrível! Beijão.

      Excluir
  4. Tenho O Mundo de Sofia na estante (capa antiga, ainda por cima) e ainda não peguei para ler! Agora também me arrependo de ter deixado Extraordinário passar quando estava em promoção na feira do livro :(
    Nossa, Querido John tem uns momentos ruins mesmo, adocicado demais para o meu gosto. E o filme Água para Elefantes só vale pelo cachorrinho!
    Beijos!

    www.diarioquaseescritora.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito que vc ainda não leu O Mundo de Sofia! É um livro ma-ra-vi-lho-so! Eu recomendo a leitura!
      Extraordinário você encontra baratinho em qualquer loja online, e vale muito mais que o preço!
      Querido John é péssimo, meu Deus! E eu não assisti o filme de Água para Elefantes, e nem pretendo! Beijos.

      Excluir
  5. Extraordinário e A Culpa é das Estrelas são muito amor, dois dos meus livros favoritos. O que você citou sobre Água para Elefantes só fez o restinho de empolgação que eu tinha com esse livro deixar de existir, sério. Comprei em Março de 2014 e ainda não li, vi muitos comentários negativos sobre ele. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também, esses livros são amor mesmo, <3
      Ah, mas não deixa de ler porque eu falei, talvez você tenha uma opinião bem diferente da minha. Beijos!

      Excluir